Este é um momento marcante para a cidade: o Rio guina... para o futuro!
Nenhum carioca ficará incólume, nenhum carioca pode ficar indiferente.
Esta é também uma das minhas formas de participar: sugerir caminhos para o Rio.
.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Proposta p/ Metrô da Linha 4 > trecho Glória-Rodoviária

O espaço em torno da Estação Glória facilitaria a construção do cruzamento das linhas, com a Linha 4 se dirigindo para o litoral, como se verá. 
Com o cruzamento das linhas em dois níveis, este trecho da Linha N começa na Estação Glória e segue em direção à Estação Santos Dumont, à frente do aeroporto. Trata-se de um trecho subterrâneo, por baixo (e se desviando) dos prédios do início do Aterro do Flamengo (poderia até cruzar o fundo da Marina da Glória), mas bem que este poderia ser mais um trecho de Metrô Panorâmico!... Após longa travessia sob montanhas, a visão da Baía da Guanabara seria certamente de arrepiar qualquer turista, e também qualquer carioca!...
Continuando subterrâneo, o Metrô segue sob a Av. Gal. Justo em direção à Estação Praça XV. A localização desta estação dependeria dos planos de construção da continuação da Linha 2 (o trecho que falta), que, vindo da Estação Estácio, passa pela Apoteose, Praça Cruz Vermelha e Estação Carioca. Esta ligação, a ser supostamente construída ao mesmo tempo, é absolutamente necessária, mesmo sem contar a ligação com Niteroi...
A próxima (e óbvia) parada é a Estação Praça Mauá. De imediato, o túnel do Metrô aproveitaria o atual Mergulhão (talvez até para a própria estação...), que seria desativado graças à diminuição do trânsito de ônibus no Centro. Considerando que vai haver um novo túnel no entorno do Morro de São Bento, a linha do Metrô entraria pela rua D. Gerardo e cruzaria a Av. Rio Branco. A Estação Praça Mauá seria feita sob a ponta do Morro da Conceição, abaixo da Ladeira João Homem, atrás do antigo Edifício A Noite. Não seria possível levar o Metrô para mais próximo do Cais porque o túnel citado passará sob a praça.
.

.
Enfim, o Metrô chega ao Porto Maravilha!
Se realmente vai haver ali uma expansão assombrosa, nada mais justo que o Metrô atenda à área. Seguindo pela rua Sacadura Cabral, chegaríamos à Estação Saúde (na Av. Barão de Tefé, junto ao Hospital dos Servidores).
Continuando pela rua do Livramento, teríamos a Estação Gamboa, antes da Cidade do Samba, na direção do túnel Pedro Ernesto. Neste ponto, a integração com o teleférico do Morro da Providência.
Na sequência, a Estação Santo Cristo, bem na praça da igreja. É bom lembrar que, nesta época, com as transformações urbanas previstas, haverá novos (e muitos) usuários.
Chega-se ao recem lançado Porto Olímpico, projeto de construção de torres de até 50 andares às margens da Av. Francisco Bicalho, e nada mais justo que, atendendo à demanda, tenhamos uma estação do Metrô, a Estação Rodoviária, que ficaria junto ao hospital do INCA, onde hoje é um terminal de ônibus, de que nos livraríamos!...
Cabe o comentário: independentemente dos grandiosos planos para esta região, não faz o menor sentido desativar a atual Rodoviária... Pode-se até considerar que, com o crescimento da demanda, seja feita mais uma rodoviária na cidade, que atenderia às rotas do sul do Estado, reservando a atual para os ônibus que chegam ao Rio através da ponte Rio-Niteroi e da Linha Vermelha.
O fato é que atualmente a Rodoviária é uma ilha, cercada apenas de ônibus, táxi e vans... Os serviços são rudimentares, ao sabor das oportunidades de engambelar o viajante (nem todas legais...). Nada melhor, para quem chega de fora, do que um esquema de transporte organizado e impessoal.

A partir deste ponto:
3ª. parte – trecho Rodoviária-Galeão

Atualizado em 15/03/2012

Um comentário:

Guina Ramos disse...

Depois de cruzara Linha 1 em plena Glória, a Linha 4 dá uma bela volta pelo Centro da cidade!
Não satisfeita, leva o Metrô ao Porto Maravilha!
E facilita a vida de quem chega ou sai do Rio: passa pelo Santos Dumont e pela Rodoviária!
[Finalmente a Rodoviária deixará de ser uma ilha cercada apenas de ônibus, táxi e vans...]
Este trecho da Glória à Rodoviária vai ajudar a transformar o Porto Maravilha em um lugar realmente ativo! Finalmente os viajantes terão um acesso decente aos terminais rodoviário e aéreos! E a partir daí teremos (não um, mas) dois "linhões" de metrô, que acompanham a geografia da cidade e se cruzam!